quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

Ex-presidente do STF aceita integrar defesa de Lula



Sepúlveda Pertence, que presidiu o Supremo entre 1995 e 1997, entrará na equipe de advogados do petista no momento em que ele tenta impedir sua prisão

Sepúlveda Pertence, presidente do Supremo Tribunal Federal nos anos 1995 a 1997 (Geraldo Magela/Agência Senado)
O ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e advogado criminalista José Paulo Sepúlveda Pertence, de 80 anos, aceitou convite dos advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, referendado pelo petista, e vai passar a defendê-lo nos processos a que ele responde na Justiça, decorrentes das operações Lava Jato e Zelotes.
Procurador-Geral da República entre 1985 e 1987, no governo do ex-presidente José Sarney, Sepúlveda Pertence foi nomeado pelo emedebista como ministro do STF entre 1989. Ele presidiu a Corte ente 1995 e 1997 e abandonou a toga em 2007.
A entrada do ex-ministro do Supremo na defesa de Lula deve levar a uma mudança na estratégia do ex-presidente nos tribunais, conduzida até o momento pelo advogado Cristiano Zanin Martins, de 41 anos. Zanin vinha apostando no embate com o Judiciário, sobretudo o juiz federal Sergio Moro, que conduz os processos da Lava Jato em primeira instância no Paraná.

 Fonte:Veja Abril