terça-feira, 27 de setembro de 2016

População cobra por manutenção do transporte público de Gurupi-TO.

População cobra por manutenção do transporte público de Gurupi-TO.
Por:Edihones Lima Reis
Isaías Januário da Silva de 40 anos
                População de Gurupi reclamam da qualidade no serviço de transporte público Municipal. Nesta quinta feira 21 de julho, a linha 023 que liga os setores da parte sul e sudeste da cidade (Setor: Nova fronteira; Empreendimentos: Bela Vista, Alvorada, Santa Rita, entre outros) ao centro, apresentou problemas logo cedo ao apanhar um cadeirante que mora no empreendimento imobiliário Alvorada II. Ao ser apanhado no ponto de ônibus o elevador hidráulico, até conseguiu colocar o cadeirante para dentro do veículo, mas o equipamento emperrou ao tocar no solo quando o motorista manuseava-o de forma que as escadas pudessem permitir o acesso das pessoas ao sair do ônibus. 
Elevador Hidráulico emperrado

Os usuários do serviço de transporte público da cidade reclamam, e afirmam que esse tipo de problema ocorre com frequência na cidade. Isaías Januário da Silva de 40 anos cadeirante, afirma que usa o ônibus regularmente e por vária vezes teve que ser removido de um veículo para outro ou teve que esperar cerca de 40 minutos à 1 hora até que outro veículo pudesse o deslocar até o centro da cidade, “Dependo dos ônibus para ir até o centro resolver assuntos pessoais, receber dinheiro no banco, fazer compras etc, mas tenho tido problemas, pois o equipamento que permite que eu entre e saia do ônibus tem quebrado muito.

 Em menos de uma semana quebrou duas vezes quando tentei usar, na quinta quando sai de casa aqui no setor onde moro e hoje terça feira quando tentei pegar na Praça da Rua 7 pra voltar pra casa”. Dona Elizabeth Batista dos Santo trabalha como diarista no centro da cidade e afirma que tem chegado atrasada com frequência quando o cadeirante que mora na região onde mora tenta usar o ônibus, pois o mesmo acaba quebrando e tem que esperar por pelo menos meia hora até que outro ônibus da empresa venha pegar os ocupantes, “Moro aqui no Bela Vista e trabalho como diarista, tenho horários a cumprir, mas tenho chegado com até uma hora de atraso nos dias que Seu Isaias usa o ônibus, pois ele quebra e tenho que esperar até outro veículo vir me buscar, isso é um absurdo”.
 Só resta esperar
                A população espera que o problema seja resolvido logo e pede o empenho dos meios de comunicações e das autoridades competentes.